Futebol do Brasil

 

A Seleção Brasileira de Futebol é um dos principais times nacionais de futebol do mundo. Maior vencedor da Copa do Mundo FIFA, com cinco títulos, o Brasil é conhecido por sua camisola nas cores amarela e verde, com calções azuis e meias brancas, as quatro cores da bandeira nacional. Pelo fato da camisa ser predominantemente amarela, a Seleção Brasileira também é tratada como seleção canarinho.

A primeira bola de futebol do Brasil foi trazida em 1895 pelo paulista Charles Miller. O futebol se tornou rapidamente uma grande paixão para os brasileiros, quase uma religião. Depois frequentemente referem-se ao país como “a pátria de chuteiras” ou o “país do futebol”. Em 1914, Carlos Alberto, primeiro o negro foi aceitos no Brasil, depois na década de 20, os negros começaram a ser aceitos em outros clubes, e o Vasco foi o primeiro dos clubes grandes a vencer títulos com uma equipe repleta de jogadores negros e pobres.

Durante os governos de Vargas (principalmente) foi feito um grande esforço para alavancar o futebol no país. A construção do Maracanã e a Copa do Mundo do Brasil (1950), por exemplo, foram na Era Vargas.

FLUMINENSE 1914 – CARLOS ALBERTO
Maracanã

Desde o início do século XXI, o Brasil se tornou o maior exportador mundial de jogadores. Nos últimos anos, a saída de jogadores movimentou mais de 440 milhões de dólares, se tornando um dos principais produtos de exportação do país, ultrapassando produtos como banana, maçã e uva. Desde que o Banco Central começou a registrar a venda de atletas para o exterior, em 1993, as exportações já somam dois bilhões de doláres. O principal destino dos jogadores é Portugal: em 2008, 209 futebolistas se transferiram para o país. A Europa é a maior importadora de atletas brasileiros: dos 1.176 que saíram do Brasil em 2008, 762 tiveram como destino a região. Em segundo lugar vem a Ásia, com 222 jogadores.