Futebol na Alemanha

 

O futebol alemã é um dos mais tradicionais do mundo. Tem campanha quase perfeita em Copas do Mundo: participou em 18 oportunidades, chegando a oito finais, vencendo quatro vezes (1954, 1974 , 1990 e 2014). Em 1954 venceu na final a Hungria, em 1974 venceu a Holanda e em 1990 e 2014 vencendo a Argentina na final nas duas oportunidades.

Na Eurocopa também tem campanhas muito boas, chegou a seis finais, e venceu três vezes (1972, 1980 e 1996). Em 1972 venceu na final a União Soviética, em 1980 a Bélgica e em 1996 a República Tcheca.

O camisola Alemanha consiste em camisolas, meias e calções brancos com detalhes em preto, cores da antiga monarquia do país, e riscas em forma de “V” em avermelhados na altura do peito, formando a figura estilizada de uma águia, símbolo tradicional da nação. A camisola alternativo equipamento tradicional consiste em camisolas e meias verdes (cores neutras) e calças brancas, tendo sido utilizado na final da Copa do Mundo de 1986. Na primeira década do século XXI, o uniforme reserva deixou de usar verde, chegando a utilizar o cinza e a cor preta. No ano de 2012 porém, a Adidas, marca que fabrica o material usado pela seleção, anunciou a volta do uniforme reserva verde, criado para o Campeonato Europeu de Futebol de 2012, marcando o aniversário de 40 anos da primeira conquista europeia de futebol.

Têm algumas das mais tradicionais equipes do futebol mundial, especialmente o FC Bayern München. O Borussia Dortmund, o Hamburger SV, o SV Werder Bremen, o FC Schalke 04, e o VfB Stuttgart, também são bem tradicionais. Outros times populares são o 1. FC Nürnberg, o Borussia Mönchengladbach, o 1. FC Kaiserslautern, o 1. FC Köln, o Eintracht Frankfurt, o Hannover 96, o TSV 1860 München, o Bayer 04 Leverkusen, o Hertha BSC e o VfL Wolfsburg.

ADN-ZB/Mittelstädt/22/6/74/BRD/Hamburg: X. Fußball-Weltmeisterschaft/1. Finalrunde, Gruppe 1: DDR – BRD 1:0/DDR-Stürmer Martin Hoffmann (rechts) und Verteidiger Berti Vogts (Mitte) stürmen dem Ball nach.

Alguns dos maiores craques alemães do passado foram Fritz Walter, Max Morlock, Helmut Rahn, Uwe Seeler, Franz Beckenbauer, Sepp Maier, Wolfgang Overath, Paul Breitner, Günter Netzer, Gerd Müller, Karl-Heinz Rummenigge, Jürgen Klinsmann, Rudi Völler e Lothar Matthäus. Dentre os mais recentes, destacam-se Oliver Kahn, Jens Lehmann, Miroslav Klose, Bastian Schweinsteiger, Thomas Müller, Lukas Podolski e, sobretudo, Michael Ballack. O Campenato Alemão é chamado de Bundesliga, é a principal competição do país, a segunda é a Copa da Alemanha, e chama-se DFB-Pokal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *